Total de visualizações de página

segunda-feira, 6 de junho de 2011

CAKE DESIGNER - SER OU NÃO SER???

Às vésperas de completar 51 anos e no ano em que completo 23 de "festas de casamento"(oh meu Deus, faltarão 2 anos para BODAS DE PRATA COM OS BOLOS!!!), levo-me a considerar essa questão:
Cake Designer, ser ou não ser?
Muitas meninas me ligam perguntando se dou curso de Cake Design e outras me perguntam se dou curso de Cake Designer. 

Resposta:
  • Cake DESIGN é algo muito maior do que somente fazer bolos. É arte de saber transformar sonhos em lindos e deliciosos bolos.
  • Cake DESIGNER eu serei SE e QUANDO conseguir ouvir minha cliente, mergulhar em seus sonhos, pincelar com minha criatividade e bom gosto e transformar farinha, ovos, cremes, açúcar, etc., etc. em bolo.


Na realidade dou aula de bolos e modelagens, bem casados, mini bolos, cupcakes e cake pops.
Ensino algumas técnicas e conto toda minha experiência com as mais diversas situações vividas ao longo desse período, atendendo a mais fina e exigente clientela de São Paulo, e este, é meu TESTEMUNHO, razão pela qual minha palavra tem o peso conferido por esses 22 anos de trabalho.
Já que o termo Cake Design é importado, e a técnica também, podemos fazer nossos bolos como os ingleses e americanos?
Qual seria a grande diferença entre os nossos bolos (brasileiros)  e os americanos, ingleses, canadenses ou australianos?
  • nossos bolos são mais doces (precisamos lembrar que um dos importantes períodos da História do Brasil é marcado pelo Ciclo da Cana de Açúcar).
  • os brasileiros preferem recheios cremosos e doces enquanto em outros paises usam recheios menos doces e mais gordurosos.
  • exceto alguns Estados do Nordeste, Pernambuco por exemplo, Fruit Cakes não são apreciados, já no Reino Unido, e suas antigas colônias este bolo faz o maior sucesso .
  • nossos bolos precisam ser bem molhadinhos, para agradar ao nosso povo
  • moramos em um país tropical, elevadas temperaturas fazem com que nossos alimentos se deteriorem muito mais rápido, não podemos fazer bolos com a antecedência que os outros países costumam praticar
Mas o que mais tem me preocupado, é o fato de ser procurada por clientes que relatam  o seguinte:
Me indicaram seu nome como sendo de pessoa que faz bolos gostosos e bonitos (mas não é isso que todos nós deveríamos fazer?).
Perguntam ainda: 
É verdade que os bolos só podem ter um andar (o inferior) verdadeiro e os demais falsos?( gente, nós fazemos bolos!)
Outra pergunta feita por cliente:
O seu bolo não despenca no meio do caminho?Tenho visto cada coisa!!! (meu Deus como essa pessoa pode casar tranquila?)
Outras clientes telefonam querendo cotar bolo falso. Que se use algum ou alguns andares falsos para dar mais volume ao bolo, (não morro de paixão) precisei me adaptar a isso, mas querer alguma coisa totalmente falsa, foge ao que me proponho pois o que faço e sempre fiz bem feito é BOLO, não sou escultora
Sendo assim chego a uma conclusão:
Embora estivesse achando que preciso me aposentar, enquanto houver clientes que gostam de meus bolos e acreditam que cobro o justo por isso; DIGA AO POVO QUE FAÇO!
CAKE DESIGNER, SER OU NÃO SER?
CAKE DESIGNER, SER!!! 


19 comentários:

  1. Você é incrivelmente maravilhosa!
    Escreveu nesse post exatamente o que sinto e acredito. Faço minhas as suas palavras!

    ResponderExcluir
  2. Oi Luciana, fico feliz que faça coro!Certamente só pensa assim que faz bolos, e quem os faz deliciosos!!!!!Beijo grande

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu texto. Sem dúvida, vc não deve se aposentar em fazer tanta gente feliz. Pude ver de perto seu trabalho. O pós atendimento e posso falar com segurança que vc é um SUCESSO - nos bolos e como pessoa.
    Admiro seu trabalho e admiro vc.
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  4. Nossa Flavia,
    sempre tive grande admiraçao por vc e agira mais ainda. Enquanto vc tem 22 anos de bolos eu tenho um pouco mais de vida..e estou começando a fz meu bolos decorados agora, apesar de sempre AMAR viver na cozinha!!!
    Nao tenho nada contra os bolos falsos, mas simplesmente não gosto!! acho que perde um pouco da graça do nosso trabalho!!! sinto um enorme prazer em ver td o meu trabalho realizado sendo "destruido" na hora de cortar as fatias e servir e ver as pessoas realmente se deliciando e elogiando o meu trabalho!!! é realmente revigorante!!!! vale totalmente a pena!!!
    e depois de ler o seu depoimento me fez ter mais vontade de um dia chegar la...completar minha bodas de prata um dia quem sabe...
    parabens pelo seu maravilhoso trabalho!!!
    beijo grande
    Carol Barros

    ResponderExcluir
  5. Caroline sentimos o mesmo adoro vê-los destruidos e devorados !!!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o texto educativo e reflexivo. Ainda bem que chegou à melhor conclusão. Bjs...

    ResponderExcluir
  7. Olá Fabiola acredito que no momento esta seja a melhor decisão.Não sei por quanto tempo pois tudo muda e muito rápido!
    Um beijo
    Flávia

    ResponderExcluir
  8. Flávia

    Que lindo!! Tava precisando ler algo assim viu. Essa reflexão serve pra muitas pessoas, no meu caso estou ensaiando pra entrar de cabeça nessas quase um ano exatamente quando fiz um curso com você e a Cecilia, isso só me motivou mais. obrigada!!

    Erika

    ResponderExcluir
  9. Parabéns . È a primeira vez que entro no seu blog e a-do-rei o que li , pois sou apaixonado por essa arte estou querendo me profissionalizar , porém tenho encontrado algumas pessoas (chatinhas) me dizendo que os bolos estão desaparecendo e dando lugar aos fake. Fiquei tão triste ao ouvir isso. Essa arte nunca pode acabar. Temos que continuar adoçando sonhos. Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá Como vai?
    Algumas pessoas que não sabem fazer bolos bonitos e gostosos, falam isso.
    Não é verdade!
    Continuo fazendo bolos deliciosos e lindos, pois há público para isso!
    Não somos escultores, mas sim "confeiteiros"!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns por seu texto. A mensagem que passa é muito importante. O prazer de dar cor, forma e sabor a uma ideia é fantástico mas é igualmente bom ver desfrutar esse nosso trabalho no rosto e paladar de quem o recebe. Bem haja pelo seu trabalho e o que dele transmite. Feliz 2012.

    ResponderExcluir
  12. Que bom que gostou!Fico feliz e ótimo 2012 para você também!!!

    ResponderExcluir
  13. Amei o texto! Nunca me considerei uma cake designer, como vc disse é algo maior, eu tenho visto cada "coisa" aqui na net, sem comentários... sou uma apaixonada por bolos gostosos e bonitos e aprendi fazê-los sozinha, lendo, pesquisando, testando, olhando e me inspirando em bolos de mestras como você. Sou sua fã e já disse isso! Também acho que essa coisa de bolo fake é passageira, todo mundo gosta do que é bom e bom mesmo é bolo gostoso e bonito, to contigo e não abro! Bjs e sucesso sempre!

    ResponderExcluir
  14. Parabéns!
    Demosntrou que é expert nos bolos e na escrita!
    Continue cultivando, revelando e concretizando sonhos, fantasias e desejos de seus amigos, alunos e clientes.

    ResponderExcluir
  15. Ai flávia... como é bom ler isso.... Penso muito como vc mas infelizmente o mercado é cruel... Aki tem muita "boleira" que diz que bolo de 3 andares é impossível, despenca, não terá firmeza, vai estragar e um monte de barbaridades. Isso pra mim é coisa de quem não sabe fazer... Fala que não dá p/ simplificar o trabalho.
    Tb não gosto de maquetes e, p/ piorar, a moda de maquete em massa corrida ou biscuit está se propagando como uma praga. A concorrência é desleal, gente cobrindo qualquer preço, dando centos de doce de graça, dando bolos de graça(se fechar p/ o casamento, ganha p/ o chá de panela), enfim.... Mas é assim mesmo, com certeza ainda tem muito cliente que gosta daquilo que é bom antes de ser bonito.
    sucesso pra vc, continue trabalhando e mostrando qualidade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Ana, só agora respondendo sua mensagem!

      Excluir